Facebook-icon  Twitter-icon

 


Naomar de Almeida Filho, reitor da UFBA, será o palestrante.

 DSC0196 

 

Nesta segunda-feira, 18, alunos, professores, técnicos administrativos e a gestão da Faculdade de Saúde da Universidade de Brasília (FS/UnB), entre outros interessados, terão a oportunidade de ouvir uma das maiores referências nacionais falar sobre “Novas propostas de formação em Saúde”. O professor doutor Naomar de Almeida Filho palestrará sobre o tema no auditório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O início do evento está marcado para as 18h, com previsão de término às 21h.


A atividade faz parte da agenda de trabalhos do Programa Nacional de Reorientação da Formação em Saúde (Pró-Saúde) articulado ao Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) da UnB e Secretaria de Estado da Saúde do Distrito Federal (SES/DF). De acordo com Dais Rocha, coordenadora dos programas na FS/UnB, a palestra servirá para reflexões acerca das diretrizes e do fator fundador do Pró-Saúde UnB-SES/DF.


Médico, epidemiologista com fundamentação em Filosofia, Naomar de Almeida Filho é reconhecido internacionalmente nesta área. Desde 2007 tem focalizado sua produção acadêmica em estudos sobre a universidade e sua relação com a sociedade. Atualmente é reitor pro-tempore da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSBA), onde vivencia o desafio de implantar um novo modelo de formação para a área da saúde. Ainda é professor Visitante nas seguintes universidades: Carolina do Norte, em Chapel Hill; da Califórnia em Berkeley; Universidade de Montreal e Universidade Harvard.


O palestrante compartilhará um pouco da experiência da UFBA e UFSB, uma proposta dialogada com profissionais da saúde e movimentos sociais, a qual concebe uma matriz curricular humana, científica e artística. “Hoje, uma das grandes deficiências da formação dos profissionais de saúde é a separação do saber da área de humanas. Tudo que é humano interessa ao médico, ao dentista, ao farmacêutico e temos uma formação que privilegia o saber da excelência técnica e com pouquíssimo conteúdo e vivências sobre cultura, outros tipos de saberes e as diversidades”, pontua a coordenadora do Pró-Saúde.


De acordo com a diretora da FS, Maria Fátima de Sousa, ele falará não só de sua experiência. “O professor Naomar nos provocará a fazer mudanças. O Brasil inteiro o conhece e sabe do seu compromisso no campo da Saúde Coletiva e na formação de novos trabalhadores para uma sociedade mais justa, feliz e igualitária”, destacou.


Já Dais Rocha ressalta que Naomar de Almeida Filho tem resgatado as ideias de educadores brasileiros, em especial: Anísio Teixeira e Darcy Ribeiro e, atualmente, as do português Boaventura de Sousa Santos, cuja concepção de universidade perpassa pela interdisciplinaridade – possível e necessária – e onde exista acessibilidade e mobilidade na graduação à pós-graduação. “Onde o mundo do trabalho e da vida sejam matéria, conteúdo e razão do ensino, pesquisa e ação de estudantes e professores em projetos de extensão”, completa.


A coordenadora do Núcleo de Estudos em Saúde Púbica da UnB (Nesp/UnB), Valéria Mendonça, destaca que a palestra sobre novos modelos de formação em saúde interessa a todos os profissionais da área da saúde, principalmente, aos envolvidos com ensino e pesquisa.

 

Comunicação Nesp/UnB
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
(55++61) 3340-6863

 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias