Facebook-icon  Twitter-icon

 

 


Foto: Raelma Paz

Evento chega a sua 33ª edição e reúne mais de 4 mil participantes em Brasília 

Por Tamires Marinho

Há oito anos o Núcleo de Estudos em Saúde Pública da Universidade de Brasília (NESP/UnB) está a frente da coordenação da relatoria do Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, evento realizado anualmente e que reúne gestores de todo país, pesquisadores, docentes e profissionais de saúde, além de dirigentes do Ministério da Saúde, que tem como objetivo discutir os temas mais relevantes para a gestão municipal do Sistema Único de Saúde (SUS). Neste ano o evento é realizado em Brasília, entre os dias 12 e 15 de julho e conta com a participação de mais de 4 mil inscritos.

Entre oficinas, seminários, cursos e mesas redondas, os trinta relatores selecionados para participarem do evento registram os principais destaques da programação do congresso ao longo de quatro dias de atividades. No total, 35 pessoas integram a equipe de relatoria, composta por trinta estudantes de graduação de diversas áreas de conhecimento da Universidade de Brasília, quatro pesquisadores do NESP e uma assessora técnica do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS).

Elizabeth Alves, pesquisadora do NESP e coordenadora da relatoria, revela que a parceria entre NESP e CONASEMS vem rendendo bons frutos ao longo desses anos de trabalho em conjunto. "Para os estudantes, este é um espaço de encontro entre teoria e prática, principalmente para os alunos que cursam Saúde Coletiva, pois há uma grande chance destes estudantes serem futuros gestores e estar em contato com tamanha riqueza de conteúdo, sendo discutido por especialistas na área de saúde pública, é, sem dúvida, uma grande oportunidade para conhecer e se aprofundar acerca dos principais desafios e avanços que estão ocorrendo no âmbito do Sistema Único de Saúde do nosso país".

Além de coordenar a comissão de relatoria, Elizabeth também é responsável, ao lado de Vitor Átila Prado,  pela coordenação da pesquisa que traça o perfil dos(as) Gestores(as) Municipais de Saúde participantes do evento com objetivo de subsidiar a formulação e construção de estratégias para a organização dos grandes eventos da saúde pública, assim como, elaborar estratégias para estimular, viabilizar e qualificar a participação dos diversos atores envolvidos com a gestão da saúde pública brasileira. Os dados da pesquisa são coletados no ato do credenciamento do evento e, ao final, gera-se um banco de dados rico em informações quali-quantitativas. 

Acesse aqui a relatoria completa do evento

Capacitação

Neste ano, todos os relatores participaram de um curso preparatório exclusivo promovido pela equipe de coordenação da relatoria que contou com seis encontros presenciais, teóricos e práticos, em que foram abordados os principais temas do congresso, as funções desenvolvidas por um relator, e, ainda, a aplicação de um único formato de texto com o objetivo de padronizar os relatos.

De acordo com Elizabeth, a capacitação foi uma ação estratégica para aproximar os relatores da temática discutida no Congresso e capacitar até mesmo os estudantes que estavam realizando seu primeiro trabalho de relatoria. "A cada ano, temos a oportunidade de aprimorar o nosso trabalho. Em 2017 fechamos uma equipe em que 80% dos estudantes que estão atuando como relatores já possuem experiência em relatoria, pois participaram de edições anteriores do Congresso do Conasems e de outros eventos na área da saúde, e para aqueles que estavam tendo seu primeiro contato, conseguimos garantir por meio do curso que eles estivessem aptos para desenvolver um trabalho  detalhado e de qualidade".

Confira aqui os registros do evento. 

 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias