Facebook-icon  Twitter-icon

 

Em entrevista ao NESP, o professor doutor André Gonçalo Dias Pereira, diretor do Centro de Direito Biomédico da Universidade de Coimbra, em Portugal, e membro do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, destacou os principais avanços e desafios no âmbito do direito sanitário numa perspectiva comparada entre Brasil e Portugal, além de apontar possíveis caminhos que o Brasil poderia trilhar inspirado em seu país para desenvolver estratégias que garantam o direito à saúde e cidadania da população brasileira.

Confira AQUI a íntegra da entrevista. 

 

 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias