Facebook-icon  Twitter-icon

 

 

O curta metragem 'Narrativa LGBT - Marjorie IberCultura Viva', produzido pelo projeto audiovisual Narrativas LGBT’s, foi habilitado para a próxima etapa do Concurso de curtas-metragens “Comunidades Afrodescendentes: Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento”, realizado pelo programa IberCultura Viva e a  Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO/Brasil). 

 O trabalho está entre os 90 vídeos habilitados, dos quais 57 são do Brasil, 16 da Argentina, 6 do Chile, 3 da Costa Rica, 3 do Equador, 3 do Uruguai, 1 do Peru, e 1 do México. De acordo com a comissão organizadora, foram habilitados a participação de dois vídeos produzidos por pessoas imigrantes, procedentes de países fora do âmbito do concurso, mas com residência em países que formam parte do programa e com conteúdos ali realizados.

A ideia do concurso é a seleção de vídeos que promovam uma reflexão sobre as comunidades afrodescendentes e a busca do pleno exercício de seus direitos culturais e/ou valorizem sua contribuição para a constituição, a promoção e o desenvolvimento da cultura ibero-americana. Ainda de acordo com a organização, dez vídeos receberão prêmios de 500 dólares.

Com o discurso sobre reconhecimento das relações afetivas dentro do pertencimento racial, Marjorie Chaves, pesquisadora e vice-coordenadora do Observatório da Saúde da População Negra, abordou o tema com a concepção de interseccionalidade que permeia os conceitos de gênero, classe, raça e etnia. O curta foi produzida por Henrique Medeiros, mestrando em História e integrante do projeto.

 

Narrativas LGBT’s

Narrativas LGBT’s é um projeto audiovisual ancorado na Educação Popular em Saúde e integrado ao Observatório da Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT, que se expressa através das mídias sociais, atuando na perspectiva da promoção da saúde LGBT. O objetivo central é produzir conteúdo imagético educativo e informativo para subsidiar ações de políticas de promoção, educação e equidade em saúde pública para esta população. Serão apresentadas memórias, histórias de vidas de pessoas LGBT’s a partir de suas próprias narrativas.

 

 

 

 

 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias