Facebook-icon  Twitter-icon

 

Observatório participa do Encontro Estadual dos Consultórios na Rua

Com a missão de fortalecer as pautas pertinentes à saúde da população em situação de rua, o Observatório da Política Nacional de Saúde Integral da População em Situação de Rua, integrado à Rede de Observatórios do NESP, participou, na última segunda-feira, 11, do Encontro Estadual dos Consultórios na Rua (CnR) do estado de Goiás.

O evento elucidou um panorama dos desafios e potencialidades de atuação na atenção à população em situação de rua no estado de Goiás

Com a missão de fortalecer as pautas pertinentes à saúde da população em situação de rua, o Observatório da Política Nacional de Saúde Integral da População em Situação de Rua, integrado à Rede de Observatórios do Núcleo de Estudos em Saúde Pública do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NESP/CEAM/UnB), participou na última segunda-feira, 11, do Encontro Estadual dos Consultórios na Rua (CnR).

O evento, realizado pela Secretaria de Estado da Saúde em parceria com o Governo de Goiás, possibilitou aos trabalhadores, movimentos sociais e envolvidos na temática um intercâmbio de experiências, elucidando um panorama dos desafios e potencialidades de atuação na atenção à população em situação de rua no estado de Goiás. Na oportunidade, os participantes também promoveram uma reflexão sobre as condições de trabalho das equipes multiprofissionais, tanto de âmbito técnico quanto de saúde.

Além disso, o espaço propiciou o desenvolvimento de ideias e perspectivas de intersetorialidade e interseccionalidade com outras políticas de saúde e outras áreas aplicadas ao segmento. De acordo com Tâmara Rios, pesquisadora do Observatório da Saúde da População em Situação de Rua, a participação da equipe do Observatório foi importante na perspectiva de potencialidades, desafios e proposições para atenção adequada à População em Situação de Rua (PSR) goiana.

 
observarh2
 
 
Observatório da Saúde Indígena
 
Saúde LGBT
 
oiapss2
 
Educação, Equidade e Saúde
 
Estudos Comparados
 
Rede de Observatórios em Saúde e Equidade
 

Tempus

As Diretrizes de Avaliação da TEMPUS consideram inicialmente o foco da revista (com destaque para epidemiologia; saúde e sua discussão nas ciências sociais e humanas; educação e promoção da saúde; Bioética, tecnologia da informação em saúde, comunicação c