Facebook-icon  Twitter-icon

 

NESP e DAGEP se reúnem para discutir pautas do 1º Encontro da Rede de Observatórios

 Os participantes apresentaram propostas e metodologias que serão abordadas no evento

Na manhã dessa segunda-feira, 27, o Núcleo de Estudo em Saúde Pública da Universidade de Brasília (NESP/UnB), promoveu um encontro com coordenadores e pesquisadores que integram a Rede de Observatórios das Políticas de Promoção da Equidade em Saúde para o Sistema Único de Saúde.  A reunião teve como objetivo o planejamento das atividades que serão realizadas no 1º Encontro Oficial da Rede, previsto para ocorrer em Brasília, nos dias 11 e 12 de abril desse ano. Além dos integrantes, também participou da reunião o Analista Técnico para Equidade do Departamento de Apoio à Gestão Participativa e Controle Social do Ministério da Saúde (DAGEP/MS), Andrey Lemos.

 Os participantes apresentaram propostas e metodologias que serão abordadas no evento

Na manhã dessa segunda-feira, 27, o Núcleo de Estudo em Saúde Pública da Universidade de Brasília (NESP/UnB), promoveu um encontro com coordenadores e pesquisadores que integram a Rede de Observatórios das Políticas de Promoção da Equidade em Saúde para o Sistema Único de Saúde.  A reunião teve como objetivo o planejamento das atividades que serão realizadas no 1º Encontro Oficial da Rede, previsto para ocorrer em Brasília, nos dias 11 e 12 de abril desse ano. Além dos integrantes, também participou da reunião o Analista Técnico para Equidade do Departamento de Apoio à Gestão Participativa e Controle Social do Ministério da Saúde (DAGEP/MS), Andrey Lemos.

Os participantes apresentaram propostas e metodologias, ressaltaram a importância do contato com os movimentos e da visibilidade dos trabalhos que serão desenvolvidos no âmbito da Rede de Observatórios. Para a Profª. Dra. Ana Valéria M. Mendonça, diante das especificidades de cada população que compõe os observatórios, é necessário alinhar os interesses da Rede, que irá dialogar com distintos públicos. 

De acordo com Andrey Lemos, o evento, que contará com a participação do Ministério da Saúde, NESP/UnB, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), trará debates sobre a importância das Políticas de Equidade e gestão participativa. Diante da indagação sobre as expectativas com a participação dos Observatórios, Andrey destaca, “é o momento de construir esse diálogo e produzir conhecimento”.

 

 
observarh2
 
 
Observatório da Saúde Indígena
 
Saúde LGBT
 
oiapss2
 
Educação, Equidade e Saúde
 
Estudos Comparados
 
Rede de Observatórios em Saúde e Equidade
 

Tempus

As Diretrizes de Avaliação da TEMPUS consideram inicialmente o foco da revista (com destaque para epidemiologia; saúde e sua discussão nas ciências sociais e humanas; educação e promoção da saúde; Bioética, tecnologia da informação em saúde, comunicação c