Facebook-icon  Twitter-icon

 

 

No início deste mês, o Observatório da Política Nacional de Saúde Integral da População em Situação de Rua, vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Pública do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da Universidade de Brasília (NESP/CEAM/UnB), lançou o documentário "Situações de Ruas", que conta com narrativas de moradores em diversas condições.

O documentário é resultado de mais um dos trabalhos realizados em 2017 pelo observatório, com o intuito de mostrar que a rua, tanto em seu sentido concreto quanta para quem vive nela, possui inúmeros significados, usos e consequências. De acordo com Pedro Jabur, coordenador do Pop Rua, o título do documentário já é uma provocação, suscitando a ideia de que não existe uma única situação. "Para quem vive nas ruas não há apenas uma situação, mas várias", afirma Jabur. Em algumas declarações, os moradores de rua relatam o quão difícil, humilhante e sofrível é estar nas ruas; outros a descrevem como sinônimo de liberdade e aprendizado. Para alguns, ser morador de rua é o resultado do que não deu certo, da não contribuição para com o coletivo, e um atraso como cidadão. São relatos de indivíduos de uma sociedade impiedosa, faltando-lhes oportunidades e apoio.

Para assistir ao documentário acesse Situações de Ruas

 
observarh2
 
obteia
 
 
 
 
saudelgbt2
  
oiapss2

Notícias